SOPS - NOVOS TEMPOS  

Release
 
Colégio Novos Tempos cria Serviço de Orientação e Promoção da Saúde
 
Dentro da nova realidade ocasionada aos cuidados à saúde, devido ao vírus do Covid-19 (Coronavírus), o Colégio Novos Tempos, em constante preocupação e atenção, cria o Serviço de Orientação e Promoção da Saúde (SOPS), como plano de ações estabelecidas para o possível retorno às aulas presenciais no Instituto.
A proposta surge após conversa entre direção, professores, funcionários, alunos e toda comunidade escolar, na busca de realizar ações acertadas para garantir a segurança e o cumprimento de exigências legais, que surgem a todo momento. O estudo, o projeto e o planejamento de criação do serviço foram baseados em documentos amplamente divulgados e normas de segurança sanitária de várias entidades, dentre elas: Ministério da Educação; Secretaria de Educação de Minas Gerais; Prefeitura Municipal de Contagem; Conselho Nacional de Educação (CNE); Conselho Municipal de Educação de Contagem (CEMEC): Federação Nacional das Escolas Particulares; Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais(SINEP-MG), Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) e órgãos oficiais competentes da área de saúde.
 
SOPS
O Serviço de Orientação e Promoção da Saúde (SOPS) é um setor, que passa a integrar as áreas da educação e saúde do colégio, com o objetivo de garantir a execução das diretrizes em combate a COVID-19, além de atuar na prevenção de acidentes e promoção do bem-estar de toda comunidade escolar. É composto por pessoas capazes de fomentar e fiscalizar as ações internas do colégio. Avaliar a infraestrutura, os recursos e a capacidade de retomada das aulas presenciais; assegurar que a aprendizagem continue da melhor forma possível; construir e reforçar, a todo momento, as ações na promoção da saúde são premissas do SOPS.
O Serviço é composto por membros do Conselho Deliberativo do IENT, Gestor Corporativo, Coordenação Pedagógica, Professores (01 de cada segmento), Serviço de Acompanhamento Social e Disciplinar (SASD), Funcionários, Pai/Mãe de Aluno, Alunos (01 de cada segmento). A proposta é atuar diretamente no controle de várias frentes que envolvem o cotidiano escolar e, dessa maneira, apresentar Diretrizes, Referências e Ações/Protocolos para serem colocados em prática.
 
Diretrizes
O SOPS tem como definição de suas diretrizes seguir as recomendações e normas estipuladas pelos órgãos competentes da saúde e educação; definindo, assim, algumas ações sanitárias para o ambiente interno, como aquisição de equipamentos e materiais necessários para sanitização dos espaços, dimensionamento para rodízio dos estudantes, readequação do calendário escolar (revisado tão logo seja confirmado o retorno às aulas ), reposição de aulas aos sábados, utilização do ensino híbrido (presencial e a distância), procedimentos de acolhimento, assinatura de Termo de Ciência e Comprometimento, além da obrigatoriedade do uso de máscara ou protetor facial e a higienização das mãos com álcool em gel e água e sabão.
Em vista disso, as medidas adotadas estão contidas num protocolo de ações a serem aplicadas no momento de retomada das atividades escolares, que especificam iniciativas como: a orientação prévia dos alunos e das famílias quanto ao retorno; a  elaboração e divulgação de textos, vídeos e outras mídias com instruções de segurança sanitária; testagem sistemática de alunos, funcionários e professores; sinalização de rotas internas para deslocamento dos alunos; rotina de higienização e desinfecção de espaços com água e sabão detergente, ou álcool em gel 70%, ou solução com 0,1% de hipoclorito de sódio (1 colher de sopa de água sanitária/litro de água); desativação de bebedouros, incentivando o uso de garrafas individuais; priorização do uso de materiais descartáveis em geral; capacitação de profissionais da Limpeza para correta higienização; EPI vs EPS (Equipamento de Proteção Social e Maximização de ventilação natural); entre outras medidas.
 
Ações diversas
 
Os espaços internos da escola estão organizados pensando na preservação da saúde de cada pessoa, em obediência aos distanciamentos necessários, com devida sinalização nos espaços de convívio comum (Recepção, Reprografia, Secretaria e Biblioteca). Assim, como a instalação de cartazes com instruções para uso da máscara, adesivos no chão de distanciamento, totens de higienização das mãos e outras ações.